MTX Monitoramento

ALARMES MONITORADOS PARA EMPRESAS E RESIDÊNCIAS

O QUE É ALARME MONITORADO?
 

Quem deseja instalar um sistema de alarme fica na dúvida se deve ou não contratar uma empresa especializada para fazer a instalação e o monitoramento. E quem decide contratar a instalação e o monitoramento esta fazendo a escolha certa e ideal para segurança da sua empresa e/ou sua residência.
Um alarme monitorado possui sensores que detectam a suspeita de invasão, sirene que faz barulho para avisar o bandido que ele foi detectado e chamar a atenção de pessoas próximas, painel que aciona a sirene e envia os sinais para a central de monitoramento, além do meio de comunicação (linha telefônica compatível ou GPRS) para transmitir ao dono do imóvel ou à central de monitoramento contratada, os sinais gerados pelo painel.
A central de monitoramento 24h entrará em contato com o proprietário sempre que houver alguma violação no alarme do estabelecimento, este contato é realizado e, caso exista alguma ocorrência, o órgão responsável será acionado para que as devidas providência sejam tomadas.

 

OCORRÊNCIAS NO SISTEMA DE ALARMES

Como já dito, todas as ocorrências serão acompanhadas por sensores instalados nas diversas áreas da empresa, seus transmissores enviam sinais para central eletrônica informando o operador sobre a ocorrência.

Importante: Um bom sistema de câmeras de segurança permite que as ocorrências sejam monitoradas a distância, isto permite identificar alarmes falsos por exemplo.

 

SENSORES UTILIZADOS EM UM SISTEMA DE ALARMES MONITORADOS        

São diversos tipos de sensores utilizados em um projeto de Segurança Eletrônica
 

Sensores de presença

Estes sensores são os mais utilizados, funcionam captando a presença de pessoas, eles possuem lentes especiais para a captação de massas quentes. Existem equipamentos muito eficientes que permitem definir massas específicas, desta forma ele não dispara caso um animal de pequeno porte passe por ele.

 

Sensores Magnéticos

Os sensores magnéticos costumam ser instalados em portas ou janelas, possuem um ímã e uma “chapa de ferro”, quando um é afastado do outro – no caso de um arrombamento por exemplo – ele dispara  informando a central.

 

Sensores infravermelhos de invasão

Um par de sensores transmite um sinal infravermelho, quando o feixe de luz é interrompido por uma pessoa  ele dispara.

 

Botão de pânico

O botão de pânico pode ser fixo e móvel, são utilizados para casos de emergência ou coação, assim que apertados um sinal silencioso é transmitido para a central informando a ocorrência.

Entre em contato com nossa equipe para maiores dúvidas referente o melhor sistema de alarme para sua empresa!

Deixe um comentário

× Dúvidas ?